Alimente seus sentimentos e controle o comer emocional

Uma das maneiras mais eficientes de controlar o comer emocional é encontrar outras maneiras para alimentar seus sentimentos

Todos nós comemos por razões emocionais, às vezes. Mas, quando comer se torna a estratégia única ou a principal  que uma pessoa usa para gerir emoções então surgem problemas, especialmente se os alimentos que a pessoa está escolhendo comer para satisfazer as suas emoções não são exatamente saudáveis.

A grande maioria dos casos de excessos alimentares são causados por emoções. Por isso lidar com as emoções de forma adequada é importante.

Se você não sabe como controlar suas emoções de uma forma que não envolva comida, você não será capaz de controlar seus hábitos alimentares por muito tempo. Dietas costumam falhar por tantas vezes porque elas oferecem aconselhamento nutricional baseado na lógica, como se a única coisa que levaria e/ou manteria alguém comendo direito seria o conhecimento. Mas, esse tipo de aconselhamento só funciona se você tem controle consciente sobre seus hábitos alimentares. Ele não funciona quando as suas emoções “atravessam” o processo, exigindo uma satisfação imediata através dos alimentos.

Quando você quer controlar a compulsão alimentar e o “comer emocional” você tem que encontrar outras formas de equilibrar-se emocionalmente. Isso não é o suficiente para entender o ciclo de comer emocional ou mesmo para entender suas causas, mas esse é inegavelmente um grande primeiro passo. Você precisa de alternativas aos alimentos que possam trazer realização emocional, da mesma forma que a comida traz.

Quais seriam essas alternativas ?

Alternativas para comer emocional

  • Se você está deprimido ou solitário: chamar alguém que sempre faz  com que você sinta-se melhor, brincar com o seu cão ou gato, olhar para uma foto favorita, pensar em alguém que você ama, recordar situações agradáveis, ou buscar resgatar qualquer lembrança que te faça sentir bem.
combatre o comer emocional alimentar sentimentos gatda
Brincar com seu animal de estimação pode ser uma boa forma de lidar com sentimentos depressivos e de solidão
  • Se você está ansioso: procure gastar sua energia dançando a sua música favorita, apertando uma bola de stress, praticando alguma atividade física ou fazendo uma caminhada rápida.
  • Se você está cansado ou exausto: tome um banho quente, escute alguma música relaxante ou tome uma xícara de chá.
  • Se você está entediado: leia um  bom livro, assista alguma série de comédia ou outro gênero da sua preferência, explore as novidades do seu bairro ou cidade, realize pequenas viagens ou recorra a uma atividade que você goste (marcenaria, tocar algum instrumento musical, aprender algum novo hobby, etc.).

Aprenda a aceitar seus sentimentos, mesmo os ruins

Embora possa parecer que o problema central é que você é impotente perante a comida, comer emocional, na verdade, deriva de se sentir impotente sobre suas emoções. Você não se sente capaz de lidar com os seus sentimentos, de modo a evitar que recorra a comida.

Permitir-se sentir as emoções desconfortáveis pode ser assustador. Você pode temer que, como a caixa de Pandora, uma vez que você abre a porta você não será capaz de fechá-la. Mas a verdade é que quando nós não vivemos obcecados em sufocar, reprimir ou ignorar nossas emoções, até mesmo os sentimentos mais dolorosos e difíceis irão diminuir de forma relativamente rápida e perderão o poder de controlar a nossa atenção. Para fazer isso você precisa se tornar consciente e aprender a ficar ligado as suas experiências emocionais e sensações. Isto irá fazer com que você possa controlar o estresse e reparar problemas emocionais que muitas vezes desencadeiam o comer emocional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *