O que é comer emocional ?

O que é Comer Emocional ? Comer Emocional X Comer Consciente

É recorrer à comida para conforto, alívio do estresse, ou como uma recompensa ao invés de usar a comida para satisfazer a fome. A maioria dos comedores emocionais sentem-se impotentes frente aos seus desejos de comida. Quando a vontade de comer “ataca”, você não consegue pensar em nenhuma outra coisa.

comer emocional comer consciente compulsão mindful eating gatdaO que é Comer Consciente ?

É uma prática que desenvolve a sua consciência em relação aos hábitos alimentares e permite que você faça uma pausa entre seus gatilhos e suas ações. O comer consciente cria um momento de consciência onde você pode escolher e decidir o que e  quanto irá comer. Você pode, então, mudar os hábitos emocionais que têm sabotado sua alimentação no passado.

Uma maneira de compreender qual é a sensação do comer emocional é lembrar das vezes onde você já abriu espaço para a sobremesa mesmo que você já estivesse “cheio”, ou quando você toma um litro de sorvete quando está se sentindo triste. A maioria de nós já experimentou o comer emocional, e usou a comida para fazer com que se sentisse melhor, preenchendo as necessidades emocionais, ao invés de encher o estômago.

O uso de alimentos de vez em quando como um impulso, uma recompensa, ou para comemorar não é necessariamente uma coisa ruim. Mas quando comer passa a ser o seu principal mecanismo de enfrentamento emocional , e quando o seu primeiro impulso é abrir a geladeira sempre que você está chateado, irritado, solitário, estressado, exausto, ou entediado, você fica preso em um ciclo  nada saudável, onde o sentimento real ou problema sempre é mascarado.

A fome emocional não pode ser preenchida com alimentos. A alimentação pode fazer você se sentir bem no momento, mas os sentimentos que desencadearam este ato de comer ainda estão lá. E muitas vezes você pode se sentir pior do que antes por causa das calorias desnecessárias que consumiu. Você se sente culpado por “estragar” a sua alimentação, e por  sentir que não tem força de vontade. Para agravar o problema, você pode parar de aprender maneiras mais saudáveis de lidar com suas emoções, você percebe que fica cada vez mais difícil controlar o seu peso, e você se sente cada vez mais impotente perante a comida e seus sentimentos.

DIFERENÇA ENTRE FOME EMOCIONAL E FOME FÍSICA

A fome emocional pode ser tão poderosa que é fácil confundi-la com a fome física. Mas existem pistas que podem ajudá-lo a dizer se a sua fome é física ou emocional.

  • A fome emocional chega “de repente”. Ela se manifesta em instantes e faz com que você sinta um tipo de vontade de comer incontrolável e urgente. A fome física, por outro lado, se manifesta mais gradualmente. O desejo de comer não é tão incontrolável e nem exige satisfação instantânea (a menos que você esteja por um período muito longo sem comer ).
  • A fome emocional busca conforto em alimentos específicos. Quando você está fisicamente com fome, quase tudo parece bom, inclusive coisas saudáveis como legumes. Mas na fome emocional o desejo é composto basicamente por alimentos gordurosos ou açucarados, e que fornecem “energia instantânea”. Você sente que precisa de bolo de chocolate ou da pizza, e nada mais poderá satisfazê-lo.
  • A fome emocional muitas vezes leva ao “comer sem sentido”. Antes que você perceba, você comeu um saco inteiro de batatas fritas ou tomou um litro de sorvete sem realmente prestar atenção ou desfrutar plenamente. Quando você está comendo em resposta à fome física, você estará muito mais consciente do que você está fazendo.
  • A fome emocional não acaba, mesmo quando você está “cheio”. Você continua querendo mais e mais, muitas vezes comendo até estar desconfortavelmente empanturrado. A fome física, por outro lado, não necessita que você coma até sentir que está empaturrado. Você sentirá que está satisfeito quando seu estômago estiver cheio, mas sem a sensação de desconforto.
  • A fome emocional não está localizada no estômago. Ao invés de uma “barriga roncando” ou uma pontada no estômago, você sente a sua fome como um desejo que não sai da sua cabeça. Você fica focado em texturas específicas, gostos e cheiros.
  • A fome emocional, muitas vezes leva à lamentação, arrependimento, culpa ou vergonha. Quando você come para satisfazer a fome física é improvável que se sinta culpado ou envergonhado porque você está simplesmente dando ao seu corpo o que ele precisa. Se você se sente culpado depois de comer, é provável que no fundo você não esteja comendo por razões nutricionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *