Características da Ansiedade

As pessoas muitas vezes experimentam sintomas físicos, psicológicos e comportamentais quando se sentem ansiosas.

características e sintomas da ansiedade

Alguns dos sintomas físicos mais comuns de ansiedade são:

  • Aumento da frequência cardíaca
  • Tensão muscular aumentada (causando dores)
  • Formigamento nas mãos e pés
  • Hiperventilação (respiração acelerada)
  • Tontura
  • Dificuldade para respirar
  • Necessidade de usar o banheiro com mais frequência
  • Sensação de que está frequentemente doente
  • Sentir como se tivesse uma opressão/aperto em toda a área do peito
  • Dores de cabeça tensionais
  • Aumento da transpiração
  • Boca seca
  • Agitação
  • Sensação de Sufocamento
  • Taquicardia

Alguns dos sintomas psicológicos mais comuns (os pensamentos ou percepções alteradas que temos) de ansiedade são:

  • Pensar que você pode perder o controle e / ou “enlouquecer”
  • Pensar que você pode morrer
  • Pensar que você pode ter um ataque cardíaco / estar doente / fraco / ter doenças graves
  • Ter a sensação de que as pessoas estão olhando para você e observando a sua ansiedade
  • Sentir como se as coisas estivessem aceleradas e/ou “em câmera lenta”
  • Sentir-se separado do seu ambiente e das pessoas que estão nele
  • Sentir como se quisesse fugir / escapar da situação
  • Sentir que está permanentemente em “estado de alerta”

O sintoma comportamental mais comum (as coisas que fazemos quando estamos ansiosos) é evitar as situações. Embora evitar uma situação de ansiedade produza alívio imediato da ansiedade, esta é apenas uma solução de curto prazo. Isto significa que, embora possa parecer que evitar e “fugir” seja a melhor coisa a fazer no momento, a ansiedade muitas vezes retorna na próxima vez que você estiver diante dessa situação. O problema com esse comportamento é que você nunca chega a descobrir se o seu medo sobre a situação e o que aconteceria se você a enfrentasse é realmente verdade.

 

FATORES DE RISCO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ANSIEDADE

distúrbios da ansiedade GATDA

Os pesquisadores estão descobrindo que os fatores genéticos ( como a presença de transtornos de ansiedade em parentes biológicos próximos ou história familiar de transtornos mentais) frequentemente em interação com outros, como fatores ambientais, são fatores determinantes para o desenvolvimento dos transtornos de ansiedade. Também existem outros fatores específicos que colaboram para o desenvolvimento dos distúrbios de ansiedade.

Fatores específicos incluem:

  • Timidez, ou inibição comportamental, na infância
  • Ser do sexo feminino
  • Ser divorciado ou viúvo
  • Exposição a eventos estressantes na infância e na idade adulta