11 de outubro Dia Mundial de Combate a Obesidade. Vamos conversar sobre não julgar?

11 de outubro Dia Mundial de Combate a Obesidade

Vamos conversar sobre não julgar?

Obesidade é uma doença, não uma escolha. 

Obesidade não é falha de caráter!

Vamos trata-la seriamente !

11 outubro dia mundial de combate a obesidade GATDA vamos falar sobre não julgar obesidade é doença

Por que?

Você prega a auto aceitação e a positividade corporal?

Acredita que todos os corpos são merecedores de respeito. Mas, logo pensa: “Isso é para os outros. Eu odeio meu corpo”.

Você sempre espera – mesmo que secretamente que só irá amar-se e considerar-se quando perder peso?

Você já olhou para uma pessoa obesa e fez julgamentos sobre seu estilo de vida, hábitos alimentares ou níveis de auto respeito?

Você acredita que todo gordo é preguiçoso?

Você aceita que a ideia que obesidade é resultado de um comportamento, ou considera que se trata de uma doença?

Você acha aceitável discriminar as pessoas gordas? Afinal elas “merecem” esse tratamento e isso é para o seu “próprio bem”.

Uma clara preferência pelo corpo “magro” está tão bem estabelecida na nossa cultura que é incrivelmente difícil desprender-se dessas convicções negativas profundamente enraizadas sobre a obesidade.

Os seus próprios preconceitos subconscientes podem ser, às vezes, quase impossíveis de identificar.

Existem vários estudos que mostram que as pessoas gordas realmente enfrentam discriminação em várias situações, inclusive profissionais.

Por conta de tudo isso, aproveite o dia mundial de combate a obesidade e combata o preconceito em relação a obesidade.

Entenda que obesidade é uma doença complexa que pode ter muitas causas, algumas são endócrinas (como mal funcionamento da tireoide ou hiperfunção da glândula adrenal, entre outras), mas muitas vezes, a condição é uma combinação de inatividade e excesso de consumo, fatores genéticos que produzem uma tendência ao excesso de peso mesmo com que o seria para uma maioria das pessoas um número adequado de calorias.

Se as causas são hormonais, genéticas, ou residem no cérebro (sistema de recompensa ou o circuito que está ligado ao hábito, a percepção do tamanho das porções, a escolha dos alimentos etc.) tudo isso é muito complexo de ser resolvido.

Obesidade é definida como excesso de gordura corporal. Não é definida como um comportamento!

Queremos que a obesidade seja vista como uma doença e seja entendida dessa forma tanto pela nossa sociedade e cultura quanto por aqueles que sofrem com essa doença.

A obesidade é uma doença que requer uma variedade de intervenções e gerenciamento médico, nutricional, físico e psicológico.

As pessoas podem dizer “apenas coma menos, e tenha mais força de vontade”, mas simplesmente não entendem que nada é tão simples assim. O próprio ambiente em que vivemos – com grande oferta de alimentos extremamente calóricos – certamente desempenha um papel importante na obesidade.

Assim, a obesidade na infância ou na idade adulta tem todos os requisitos para ser definida como uma doença. Na grande maioria dos casos, uma doença crônica por persistir por longos períodos de tempo ou ser constantemente recorrente (o tal “efeito sanfona”).

Seja consciente sobre o assunto:

Nunca mais diga que obesidade é comportamento. Ela é uma doença.

Quando ouvir comentários tendenciosos sobre pessoas gordas fale sinceramente sobre isso.

Não ria de piadas sobre gordos.

Não coloque e/ou defina a pessoa obesa como “inferior ou fraco”

Só assim conseguiremos combater o preconceito e verdadeiramente promover um combate a obesidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *